Lipoaspiração, Lipoescultura, Vibrolipoaspiração e Lipolaser


Lipoplastia ou lipoaspiração – É a cirurgia que emagrece áreas especificas de deposito de gordura no corpo, redefinindo e remodelando o contorno corporal, proporção e autoimagem.

Lipoescultura – É quando realizamos a aspiração da gordura de determinados segmentos do corpo e a utilizamos como enxerto autólogo, reutilizando para dar forma à depressões corporais, dar volume em regiões como o bumbum para aumenta-lo e repondo ou adicionando o volume de gordura facial total que é perdido durante o envelhecimento em áreas como o ”bigode chinês”, os lábios, as maças do rosto, contorno da mandíbula e queixo e outras.

Vibrolipoaspiração – É a utilização de um aparelho vibratório de ultima geração que faz com que a gordura seja aspirada mais rapidamente, deixando menos trauma e menos imperfeições, tendo o resultado mais uniforme em mãos hábeis.

Lipolaser – É a utilização da energia de luz amplificada (laser) durante a lipoaspiração com o intuito de estimular uma maior retração da pele das regiões lipoaspiradas, diminuindo e evitando a flacidez residual das áreas operadas.

O que é a lipoaspiração?

A lipoaspiração, também conhecida como Lipoplastia, emagrece e remodela áreas especificas do corpo removendo o excesso de gordura depositada, melhorando a forma e o contorno corporal, suas proporções e a autoimagem.

Sem ter a ver com a boa saúde ou forma física, algumas pessoas terão a predisposição de acumular gorduras em áreas do corpo tornado-as desproporcionais.

A lipoaspiração pode ser usada para tratar depósitos de gordura em muitas partes do corpo incluindo:
– Abdômen e cintura
– Pernas, coxas e bumbum
– Braços, pescoço e costas
– Joelho interno
– Tronco
– Bochecha e queixo
– Panturrilhas e tornozelos
– Púbis e monte de vênus

Em muitos casos, a lipoaspiração é associada a diversas cirurgias corporais e faciais, realizando modelamento e acabamento.

A lipoaspiração não é um tratamento para obesidade e não está destinado ao emagrecimento apesar de muitos pacientes acharem que é. É para o modelamento das regiões corporais o objetivo do procedimento.

Também funciona efetivamente para tratar celulites dos membros inferiores pois as cânulas podem soltar as traves fibrosas que unem a pele à fáscia muscular.

Associamos sempre a Lipolaser quando a pele necessita de retração para evitar flacidez

Utilizamos também a vibrolipoaspiração de rotina para diminuir o trauma tecidual e melhorar a uniformidade de retirada da gordura, otimizando resultados.

Quanto custa uma lipoaspiração?

O preço é sempre uma consideração nas cirurgias eletivas. O custo do cirurgião é baseado na sua experiência e técnica, bem como no tipo de abordagem a ser utilizada.

Custos incluídos:
– Honorários do cirurgião e assistentes
– Custos Hospitalares de centro cirúrgico e hotelaria
– Honorários do anestesista
– Taxa de aluguel do aparelho de Vibrolipoaspiraçao quando requisitado
– Taxa de aluguel do aparelho de Lipolaser quando requisitado
– Medicações
– Roupas pós-cirúrgicas
– Exames médicos

Seu resultado vale mais do que o preço
Quando escolher o cirurgião plástico que vai realizar sua cirurgia, certifique-se se ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, e de se sentir confortável com seu atendimento e conduta do seu caso.

Bons candidatos para Lipoaspiração

– Pacientes com no máximo 30% em media de sobrepeso que apresentam pele firme e elástica, e bom tônus muscular.
– Indivíduos saudáveis sem condições médicas que possam impactar em riscos aumentados para a cirurgia
– Não fumantes
– Pacientes com objetivos realistas para o seu resultado

O que esperar durante a consulta de Lipoaspiração

O sucesso e a segurança da sua cirurgia dependem muito da sua sinceridade e honestidade durante a consulta medica. Serão feitas varias perguntas sobre sua saúde, hábitos de vida, desejos e expectativas.

Será discutido sobre:
– O porquê que você quer a cirurgia, suas expectativas e desejos
– Condições medicas, alergias à drogas e tratamentos médicos
– Uso de medicações diárias, vitaminas, fitoterápicos, álcool, tabaco e drogas

Seu cirurgião plástico também vai:
– Avaliar seu estado geral de saúde e fatores de risco relacionados a doenças crônicas e hábitos não saudáveis.
– Tirar fotografias para arquivo medico
– Discutir as opções de tratamento
– Discutir complicações e riscos inerentes à cirurgia de Lipoaspiração

Preparando para a cirurgia de lipoaspiração

Antes da cirurgia você devera:
– apresentar testes laboratoriais e resultados de exames
– tomar certas medicações e ajustar outras
– parar de fumar pelo menos 3 semanas que antecedem a cirurgia para evitar problemas com a cicatrização
– evitar o uso de aspirina, antiinflamatorios e fitoterápicos que aumentam o sangramento

Instruções especiais que você receberá
– sobre o que fazer um dia antes da cirurgia
– o tipo de anestesia a ser realizada durante a lipoaspiração
– sobre cuidados pós-operatórios e acompanhamento

Seu cirurgião plástico também ira discutir aonde será realizada a sua cirurgia. A Lipoaspiração devera ser realizada em estabelecimentos cirúrgicos acreditados, em clinicas ou hospitais especializados, bem preparados e liberados pela vigilância sanitária.

Os riscos da cirurgia de lipoaspiração

A decisão de se submeter a uma Lipoaspiração deve ser pessoal, e você terá de decidir se os benefícios da cirurgia vão valer os possíveis riscos e complicações inerentes ao ato cirúrgico.

A equipe cirúrgica poderá te explicar com detalhes as possíveis complicações da cirurgia. Você tem que perguntar e sanar todas suas duvidas, e após isso assinar um termo de consentimento dizendo que obteve total entendimento sobre a cirurgia, seus riscos e complicações.

Possíveis riscos associados à cirurgia de Lipoaspiração:
– Cicatriz inestética
– Hematoma (acumulo de sangue)
– Infecção
– Seroma (acumulo de líquidos)
– Cicatrização demorada
– Contornos irregulares
– Fibroses
– Coágulos sanguíneos
– Alterações na sensibilidade da pele
– Riscos da anestesia
– Inchaço prolongado
– Coloração anormal da pele
– Necrose da pele
– Necrose da gordura
– Assimetria
– Flacidez
– Queimadura devido ao Lipolaser
– Dor persistente
– Trombose venosa profunda, cardíaca ou pulmonar
– Inchaço persistente nos membros
– Danos nervosos
– Possibilidade de revisão cirúrgica
– Resultados estéticos desfavoráveis

Você precisara de ajuda
Tenha certeza de pedir a algum amigo ou familiar, para te ajudar desde a ida ao hospital, da saída e nos cuidados em casa, pois você vai precisar.

Passo a passo da lipoaspiração
Passo 1 – Anestesia

Medicações serão administradas para seu conforto durante a cirurgia. A escolha entre peridural com sedação intravenosa ou anestesia geral vai depender de suas condições de saúde e respiratórios. O anestesista vai decidir qual a melhor opção.

Passo 2 – As Incisões

As cânulas entram abaixo da pele para aspirar a camada gordurosa através de pequenas incisões que gostamos de coloca-las em regiões que ficam escondidas debaixo das roupas, porem em alguns casos é necessário colocar incisões perto dos acúmulos gordurosos sem que estas estejam em locais que ficam escondidos.

É infiltrado solução de soro fisiológico com adrenalina que fará uma vasoconstricção dos vasos sanguíneos diminuindo em muito o sangramento intraoperatório, sendo então benéfico para o paciente que perdera muito menos sangue ao final da cirurgia.

Passo 3 – Aspiração

Após a infiltração, esperamos 20 min para que esta faça o efeito desejado, então utilizamos seringas ou aspiradores para sugar a gordura.

Recuperação da cirurgia de Lipoaspiração

Após a cirurgia, curativos e roupas pós-cirúrgicas serão utilizadas em volta dos seus membros, mamas, abdômen e rosto mantendo uma compressão ideal para minimizar o inchaço. Um pequeno e fino tubo poderá ser colocado para drenar o excedente de líquidos e sangue internos da área operada.

Você recebera instruções especificas que vão incluir em:
– como cuidar dos drenos e da área cirúrgica
– medicações a serem tomadas oralmente para melhorar a cicatrização, reduzir a dor e riscos de infecção
– condições especificas para se ter cuidado com sua saúde em geral
e sobre o acompanhamento com seu cirurgião plástico

Esteja certo a realizar perguntas especificas ao seu cirurgião plástico sobre suas expectativas e sobre o período de recuperação como:
– Para onde eu vou após minha cirurgia estiver terminada?
– Que medicações eu vou utilizar ?
– Curativos e bandagens serão utilizadas? quando devo retira-las?
– Serão removidos pontos? quando?
– Quando poderei voltar às atividade normais do dia-a-dia?
– Quando devo retornar para o acompanhamento pós-cirúrgico?

Já em casa
Se você sentir falta de ar, dor torácica e palpitações cardíacas procure atendimento medico de emergência hospitalar imediatamente. Pois caso hajam complicações clinicas inerentes você precisara ser hospitalizada e receber tratamento especifico que diferem da sua cirurgia.

Contacte também seu cirurgião plástico para assistir seu tratamento clinico.
A prática da medicina e cirurgia não são ciências exatas. Embora bons resultados sejam sempre esperados, não ha garantia, e para se obter os resultados ideias, podem ser necessários reintervenções cirúrgicas, já que algumas vezes não é possível obter o resultado esperado em somente uma cirurgia.

Cuidados
Seguir corretamente as instruções do seu cirurgião são a chave para o sucesso. É extremamente importante que as incisões cirúrgicas não sofram forças antagônicas e contrarias, inchaço e edema excessivo e movimentação durante o tempo de recuperação.

Você devera utilizar as roupas cirúrgicas e talas compressivas para diminuir o edema e reposicionar o tecido corretamente.

Seu medico lhe dará instruções especificas em como se cuidar de si próprio.

Você necessitara de ajuda de familiares, amigos ou funcionários nas tarefas diárias e com cuidados pós-operatórios.

Os resultados são duradouros?

Os resultados serão duradouros, contanto que você mantenha um peso estabilizado e se exercite regularmente. Cicatrizes irão permanecer. Enquanto seu corpo envelhece, é comum perder tonicidade, porem a maioria do resultado é mantida.