Redução da mama masculina – correção cirúrgica da mama masculina hipertrofiada.


O que é a cirurgia de Ginecomastia?

É a cirurgia plástica direcionada para reduzir cirurgicamente as mamas masculinas hipertrofiadas.

Essas condições ou dismorfismos podem ocorrer em qualquer idade do homem, por resultado de genética familiar, obesidade, mudanças hormonais e uso de certos medicamentos.

A Ginecomastia causa desconforto emocional e baixa autoestima, fazendo com que os homens portadores desta condição evitem meios sociais onde tenham que expor o físico, como academias, clubes e piscinas.

A Ginecomastia é caracterizada por:
– excesso de gordura localizada
– desenvolvimento de excesso glandular
– a combinação de excesso de gordura e glândula
– a ginecomastia pode estar presente unilateralmente (uma mama) ou bilateralmente (nas duas mamas)

Quanto custa uma cirurgia para Ginecomastia?

– Honorários da equipe cirúrgica
– Honorários do anestesista
– Taxa hospitalar de centro cirúrgico e hotelaria
– Medicações
– Exames pré-cirúrgicos

Seu resultado e satisfação valem mais que um preço

Quando escolher um cirurgião plástico para realizar sua cirurgia certifique-se se ele é certificado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, alem de se sentir confortável com a condução do seu caso, juntamente com confiança e segurança. No final seu resultado vale mais que o custo da cirurgia.

Candidatos à cirurgia de Ginecomastia

A cirurgia de Ginecomastia é uma boa opção para você se:

– você esta fisicamente saudável e com peso corporal normal
– tem expectativas reais sobre os resultados
– o desenvolvimento das suas mamas está estabilizado
– se você esta incomodado com a sensação de que suas mamas está muito grandes.

Adolescentes se beneficiarão da cirurgia, embora futuramente possam ser necessários reintervenções caso a mama continue a se desenvolver

A redução mamária em homens é mais bem realizada em:

– pacientes que o problema não pode ser resolvido através de medicamentos
– pacientes saudáveis que não possuem doenças que possam impedir o ato cirúrgico
– não fumantes e não usuários de drogas
– pacientes com boa autoestima e que possuem objetivos específicos em melhorar sua aparência através da cirurgia

A cirurgia de Ginecomastia é altamente individualizada e você deve realiza-la pra você próprio e não para o desejo de outra pessoa.

O que esperar durante uma consulta para a cirurgia de Ginecomastia

O sucesso e a segurança da sua cirurgia dependem muito em parte da sua honestidade durante a consulta, serão perguntados aspectos sobre sua saúde, desejos e estilo de vida

Esteja preparado para discutir sobre:
– Porquê você quer a cirurgia, sua expectativa e desejos
– Condições medicas, alergias e tratamentos médicos
– Uso de medicações diárias, vitaminas, suplementos fitoterápicos, álcool, tabaco e drogas
– Cirurgias previas

O cirurgião também vai:
– Avaliar seu estado de saúde e condições atuais, doenças crônicas ou metabólicas e fatores de risco
– Examinar suas mamas, pedir exames para descobrir as possíveis causas do distúrbio.
– Tirar fotografias
– Tomar medidas das mamas, examinar a qualidade da pele e localização das aréolas
– Discutir as opções e recomendar o melhor tratamento
– Discutir riscos e complicações possíveis
– Discutir o tipo de anestesia aplicada
– Explicar como é feita a cirurgia passo a passo

Preparando-se para a Cirurgia de Ginecomastia

Converse bastante com seu cirurgião plástico e tire todas suas duvidas durante as consultas antes da cirurgia

– Realize exames pré-cirúrgicos
– Ajuste certos medicamentos
– Realize ultrassonografia
– Pare de fumar perto da sua cirurgia
– Evite uso de aspirina e antiinflamatorios, ginkgo biloba e Vit E pois aumentam o sangramento por diminuirem a coagulação

Riscos e complicações na cirurgia de Ginecomastia

Os riscos e complicações após a cirurgia podem ocorrer como:

– Cicatriz hipotrófica ou queloideana
– Hematoma (sangramento)
– Infecção
– Cicatrização demorada
– Alterações de sensibilidade da aréola e mamilo temporários ou permanentes
– Seroma
– Coágulos sanguíneos
– Riscos anestésicos
– Trombose venosa profunda, cardíaca e complicações pulmonares
– Possibilidade de cirurgia revisional
– Dor persistente
– Necrose parcial ou total da aréola
– Alergias à micropore, esparadrapo, materiais de sutura e cremes
– Necrose do tecido gorduroso
– Forma e contornos irregulares das mamas
– Distúrbios pigmentares da pele
– Dano a estruturas profundas como nervos, vasos, músculos e pulmões

Passo a passo da cirurgia de Ginecomastia

O que acontece durante a cirurgia de Ginecomastia?

Sua cirurgia pode ser realizada mediante diferentes técnicas, uma delas é a lipoaspiração, e quando necessário realizamos diferentes tipos de incisões, terminando com cicatrizes em volta da aréola, em raquete ou em T invertido. A técnica apropriada para você será determinada pelo:

– Tamanho e forma das mamas
– Quantidade de gordura e de glândula mamaria
– Tamanho e posição das aréolas
– Grau de flacidez da pele mamaria
– Qualidade e elasticidade da pele, bem como o excesso de pele existente

Etapa 1 – Anestesia
Medicações serão administradas para seu conforto durante a cirurgia. Poderá ser realizada com anestesia local e sedação, peridural ou anestesia geral dependendo do que for melhor pra você

Etapa 2 – Técnica
Existem 2 tipos de técnicas
A primeira e mais utilizada é a lipoaspiração, onde utilizamos uma cânula com pressão negativa que aspira a quantidade de gordura necessária para retomar o tamanho ideal da mama

A segunda são as incisões, e existem 3 tipos:
– Periareolar ou (em volta da aréola)
– Periareolar e embaixo verticalmente ligando a aréola ate o sulco mamário formando o desenho de uma raquete
– Periareolar, embaixo da aréola verticalmente ate o sulco mamário e horizontalmente pelo sulco mamário formando o desenho de um T invertido

Normalmente associamos as duas técnicas, fazendo primeiro a lipoaspiração, e depois retirando o excesso de glândula através da incisão periareolar na maioria dos casos

Etapa 3 – Remodelando suas mamas
Após o cirurgião realizar as incisões:
O tecido mamário restante é levantado e remodelado para melhorar o contorno e firmeza da mama
A aréola é reposicionada retomando um aspecto mais natural
Se necessário as aréolas também são diminuídas
Excesso de pele é retirando para compensar a perda de elasticidade

Etapa 4 – Fechando as incisões
Ao final da cirurgia, as mamas estarão remodeladas e o excesso de pele removido, assim o restante é fechado esticando o restante de pele

Algumas incisões são colocadas em volta de estruturas anatômicas tornando-as camufladas seja em volta da aréola ou no sulco, porem a incisão vertical fica sempre visível, podendo melhorar com o passar dos meses.

Suturas internas e externas, cola cirúrgica e fitas adesivas são utilizadas para o fechamento e curativo das mamas operadas

Etapa 5 – Resultado
Os resultados da sua cirurgia de levantamento mamário são imediatos. Com o tempo o inchaço cede e as cicatrizes melhoram gradativamente.

Algumas cirurgias podem necessitar de revisão, seja para melhorar as cicatrizes que podem se alterar, ou para outros fins.

Satisfação com a sua imagem renovada, obtendo os seios em posição e forma mais jovem, só continuara a crescer após a cirurgia.

Recuperação da Cirurgia de Ginecomastia

No final da cirurgia, você será liberada para casa com curativos e bandagens ao redor da mama, alem do dreno aspirativo se necessário. O uso de vestuário pos-cirurgico é essencial para firmar as mamas durante a cicatrização, diminuindo riscos de complicações.

Após a cirurgia, dependendo do tipo de anestesia, a paciente poderá retornar a sua casa ate no mesmo dia 12h após ou no outro dia 24h após.

Terá que utilizar um vestuário pos-cirurgico que assegura o posicionamento correto das mamas durante o período de 30 dias. Reduzir esforços e atividades diárias, com limitações de movimentos principalmente nas duas primeiras semanas.

Os curativos são realizados diariamente aplicando álcool ou outro antiseptico pelo menos duas vezes ao dia encima da incisão

Seu cirurgião prescrevera medicamentos que deverão ser tomados e utilizados a risca para determinar o melhor para sua recuperação.

Evitar dormir de bruço por 30 dias e de lado total por no mínimo 15 dias.

Retorno às atividades normais diárias com 3 semanas e exercícios físicos após 30 dias.

Os resultados da cirurgia de Ginecomastia são duradouros?

Os resultados ficarão mais evidentes com o passar das semanas após o inchaço diminuir e as incisões cicatrizarem.

Com o tempo os seios continuarão a sofrer alterações do envelhecimento, gravidade ou mudanças de peso mesmo após a cirurgia, pois os resultados não são para sempre. Mas a duração dos resultados será bastante satisfatória e terão mais longevidade caso você mantenha um estilo de vida saudável e seu peso estável.